Como ensinar lutas e artes marciais para crianças, por Jorge Columá

Como ensinar lutas e artes marciais para crianças, por Jorge Columá

Sempre que pensamos em matricular nossos filhos em uma academia de artes marciais surge a preocupação com a integridade física, psicológica e sobretudo a metodologia que será utilizada para alcançar os objetivos que tanto almejamos para nossos pequeninos.

O ensino das lutas deve ser pautado em etapas de aprendizado são elas categorizadas a saber:

Etapa I : 4 a 6 anos – nesta etapa a criança está descobrindo o mundo e suas capacidades, movimentos diversos são na verdade conteúdos que perpassam as necessidades que esta criança tem de experimentar sensações sensório motoras que irão formar o lastro fisiológico deste individuo. Ou seja, movimentos como, quadrupedar, saltar, girar, empurrar, puxar, abraçar, apreender, entre outros movimentos fazem parte de conteúdos intrínsecos as artes marciais praticadas no que podemos chamar de etapa I.

Nesta fase a criança vive no mundo simbólico e as aulas devem respeitar esta característica, se mandarmos a criança fazer uma fila é certo que elas não executarão este comando, sendo necessário a atuação do professor para organizar esta fila. Agora se pedirmos para as crianças imitarem uma cobra, uma flecha ou um trem, as chances dessas crianças se perfilarem aumentam bastante. Este é o mundo infantil! O mundo da imaginação do faz de conta. Para isso propomos jogos dramáticos, sessões historiadas e brinquedos cantados para uma absorção destes conteúdos.

A fase que chamaremos de etapa II é a fase de 7 a 9 anos, etapa que a criança esta mais madura para a compreensão de regras e movimentos mais complexos, pular conjugado com rolar, conjugado com girar, conjugado com chutar; enfim a criança está mais propicia a formação de uma memória motora e suas configurações. Nesta fase a criança compreende melhor as regras de convivência, assim como as regras das atividades propostas. Mas não devemos esquecer a ludicidade que sempre será atriz principal de nossa metodologia Kids, porém as atividades podem ser mais elaboradas como piques, contestes e introdução aos mini jogos, etc.

A fase III envolve crianças de 10 a 12 anos, nesta fase devemos aproveitar o auge das capacidades perceptivas deste publico para usar e abusar de brincadeiras bem elaboradas com conteúdos das lutas e artes marciais. Piques, estafetas, mini jogos, grandes jogos devem ser teores que adaptados as artes marciais tornam as aulas mais atrativas, prazerosas e consequentemente mais produtivas.

A fase  IIII ou V é a fase das aulas para nossos queridos adolescentes. Estas aulas devem adotar estratégias lúdicas, porém muito bem elaboradas e conjugadas com atividades técnicas. Já que o adolescente tenta se afastar do imaginário infantil, porém não quer a responsabilidade de um adulto, ou seja a brincadeira não pode ser inocente e o treino não deve ser pesado. Tentando achar uma fórmula que conjugue estes dois aspectos: ludicidade e técnica.

Portanto podemos apontar o ensino infantil como de extrema importância, não apenas para o desenvolvimento esportivo, mas principalmente para a formação do individuo em toda sua capacidade e complexidade. Diferente do que se costumava fazer o professor que ministra aulas infantis deverá ter conhecimento das etapas do desenvolvimento da criança e, sobretudo, mergulhar no universo infantil e seu simbolismo.

Não precisamos falar que gostar de crianças permite ao professor um passaporte ao universo delas e fiquem atentos ao retorno, pois, as crianças diferente dos adultos não escondem reações de descontentamento e também de contentamento, portanto estejam preparados para feedbacks. Por fim use e abuse da criatividade e ludicidade em suas aulas e seja bem vindo a um universo maravilhoso do ensino infantil, costumo dizer que quem consegue ministrar aulas com segurança, dinâmica e domínio para crianças consegue ministrar aulas para qualquer público. Então, você está pronto???!!!

Por Jorge Columá
Coordenador Pedagógico Team Nogueira e Instituto Irmãos Nogueira.
www.jorgecoluma.com.br

administrador