As oportunidades acontecem para quem está disposto a enxergá-las, por Rogerio Minotouro

As oportunidades acontecem para quem está disposto a enxergá-las, por Rogerio Minotouro

De tanto que é lembrada, a frase já virou ditado popular: “Trabalhe com o que ama e não precisará trabalhar um único dia”. Todo atleta precisa estar completamente apaixonado pela luta, por tudo o que significa lutar, pela filosofia das artes marciais, estar apaixonado – inclusive – pelos revezes, pelas dificuldades e por tudo que esta profissão representa.

Já são alguns anos nesta estrada e sei bem que os deslumbramentos acontecem o tempo inteiro. E como equilibrar estes sentimentos quando nos tornamos campeões? O que fazer quando as suas vitórias são ovacionadas pelo mundo inteiro? A resposta é simples: estar apaixonado pela luta porque isso te deixa com o pé no chão. Toda carreira, por mais vitoriosa que seja, uma hora vai provar de uma derrota. E, a vida é assim. Acertos, erros, vitórias e derrotas.

Então, como seguir este caminho sem cair em depressão, sem seguir caminhos errados que irão prejudicar a sua carreira e até mesmo vida pessoal? Quantos atletas talentosíssimos nós vemos recorrer às drogas e outros tipos de válvulas de escape quando as coisas não vão bem? Mais uma vez a resposta está em amar o caminho do guerreiro e respeitar todos os treinos e ensinamentos dos seus maiores incentivadores: família, amigos e treinadores.

Na verdade a vitória não é quando se vence uma luta. Ela acontece na persistência até chegar lá.

administrador